Redação – COMO ESTRUTURAR SEU TEXTO

No vídeo acima eu explico como estruturar sua redação. A estrutura dissertativo-argumentativa possui uma receita bastante clara, principalmente no Enem.

Introdução

Já falei em outro post sobre a introdução. Consta basicamente de 3 elementos: alusão, tese e proposição (projeto de texto).

A alusão pode ser feita de diversas maneiras, como citações, alusões históricas ou literárias, definições, referências a leis, etc.

A tese é a sua opinião sobre o tema. Deve refletir como você vê este problema hoje. Seus argumentos dependerão da sua tese.

A proposição consiste no quê você irá argumentar. Também conhecida como projeto de texto ou encaminhamento argumentativo.

Desenvolvimento

Também já deixei detalhado como fazer o desenvolvimento em outra postagem. Os elementos importantes são: explicar seu argumento, prová-lo e tirar conclusões críticas. 

A explicação do seu argumento deve ser uma afirmação clara, com justificativa de por que você está dizendo isso. Quanto mais clara, concreta e concisa, melhor. Não se esqueça de encontrar o culpado para o problema abordado!

A prova é o que dará peso ao seu argumento. Você poderá utilizar dados estatísticos, citações, definições, comparações, entre outros. 

Porém, não basta com citar. É preciso aprofundar na sua citação, ou seja, relacioná-la com o assunto que você está desenvolvendo.

Depois disso, vem a crítica. Você deve tirar conclusões que demonstrem o quanto o problema é negativo e precisa ser resolvido o quanto antes.

Em seu segundo argumento, você fará o mesmo procedimento acima. Não se esqueça dos conectivos, que dão toda a coesão necessária ao seu texto.

Conclusão

A conclusão também já foi explicada em outro artigo. No caso do Enem, consta de retomada da tese e proposta de intervenção. No final, você poderá terminar com uma frase de consequência, para explicar o que acontecerá se tudo for feito conforme a proposta de intervenção.

Retomar a tese significa dizer em poucas palavras a urgência ou necessidade de resolver o problema.

Já a proposta deve conter: o agente, a ação, o modo ou detalhamento e a finalidade.

Pelo agente você diz QUEM resolverá o problema. Com a ação você descreve O QUÊ será feito. Detalhar significa mostrar COMO será feito. A finalidade consiste em dizer o PARA QUÊ será feito.

É possível ainda fazer uma segunda proposta para reforçar a primeira. A segunda proposta não precisa ser tão detalhada.

Se você cumprir com todos estes requisitos, pode ter certeza que terá uma nota muito boa na sua Redação do Enem 2019.

Caso você queira aprender o passo a passo para levar sua nota de Redação lá para cima dos 800, 900 ou até mesmo chegar a 1000 pontos, conheça meu curso completo em PDF, clicando AQUI.

Se você gostou do artigo, curta na barrinha ao lado e compartilhe com seus amigos!

 

 

 

 

Willian Afonso

Professor de idiomas, filosofia e redação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *