A adição às redes sociais entre os jovens

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “A adição às redes sociais entre os jovens”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

curso de redação

Texto 1: A Adição à Internet e às redes sociais
 

Apesar de tudo, não é a tecnologia, os jogos, ou o álcool em si que criam vícios, mas sim a predisposição da pessoa em si. Essa teoria é explicada pela professora de psicologia clínica Til Wykes, que considera que a dependência em jogos on-line é mais preocupante no Oriente.

O aumento do vício em relação ao uso da Internet deve-se ao fato de ser cada vez mais fácil estar a um toque do Facebook, ou do Youtube por exemplo, que atingiu a marca dos 5 bilhões de download para Android este ano, após ter sido lançado em 2005. Sendo o único outro aplicativo a alcançar esta marca o Google Play. À medida que as redes sociais de outras aplicações se tornam imediatamente disponíveis através de um clique, mais fácil é alimentar o vicio e criar o mesmo sem o saber.

Fonte

Texto 2: Adição Tecnológica – o que é?

O número de horas que uma pessoa passa a utilizar a tecnologia não é um indicador robusto da presença de adição, sendo que a avaliação deverá incluir um conjunto de indicadores clínicos. Alguns dos sintomas clássicos da adição tecnológica podem incluir:

·         Pensamento obsessivo em relação ao uso da tecnologia

·         Utilização compulsiva da tecnologia (eg., verificação compulsiva de mensagens)

·         Uma sensação subjetiva de euforia e bem-estar ao utilizar a tecnologia

·         Crescente desconforto e irritabilidade face à impossibilidade de utilizar a tecnologia

·         Presença de diversos conflitos e problemas gerados pelo uso excessivo da tecnologia

·         Impossibilidade de controlar o uso e cessar a utilização da tecnologia

·         Perda de interesse em outra atividades e hobbies que não envolvam o uso da tecnologia

Fonte

Texto 3: Vício em redes sociais: o que é, sintomas e como tratar

O uso excessivo das mídias sociais é a causa de diversos problemas relacionados à sociabilidade e a questões mentais e comportamentais.

O vício em redes sociais é caracterizado pelo uso exagerado do computador e/ou dispositivos móveis. É identificado pela intensa necessidade de checar sites e aplicativos a todo momento, além de postar fotos, vídeos e outras publicações com o intuito de ganhar curtidas e comentários.

Selfiemaníacos: será que você é um?

Essa dependência causa diversos problemas de saúde, relacionados à sociabilidade e a questões mentais e comportamentais. Prova disso é um estudo realizado pela University College London (UCL), que chegou à conclusão de que meninas adolescentes são duas vezes mais propensas a desenvolverem sintomas de depressão em consequência do uso excessivo das mídias sociais. Você pode ler a matéria completa, em inglês, clicando aqui.

Segundo a pesquisa, uma em cada quatro meninas analisadas apresentou sinais clinicamente relevantes da doença, enquanto o mesmo ocorreu com apenas 11% dos garotos. Os pesquisadores constaram que a taxa elevada de depressão entre as adolescentes se dá por conta do assédio online, sono precário e baixa autoestima.

Vale ressaltar que os processos subjacentes que comprometem a saúde mental dos internautas estão ligados ao cyberbullying. O estudo aponta que 40% das meninas e 25% dos meninos tinham experiências de agressão na internet.

Cyberbullying: a violência virtual que machuca mais que uma surra

A ministra inglesa adjunta para Saúde Mental e Cuidados Sociais, Barbara Keeley, afirmou que “esse novo relatório aumenta as evidências que mostram o efeito tóxico que o uso excessivo das mídias sociais tem na saúde mental de mulheres jovens e meninas […] e que as empresas devem assumir a responsabilidade pelo que ocorre em suas plataformas.”

O diretor de campanhas da Instituição beneficente YoungMinds, Tom Madders, destaca que, embora sejam uma parte da vida cotidiana da maioria dos jovens e tragam benefícios, as redes sociais proporcionam uma “pressão maior” porque estão sempre disponíveis e fazem com que os jovens comparem “as vidas perfeitas de outros” com a sua própria.

Sintomas do vício em redes sociais
O uso excessivo das mídias sociais pode ser definido como um vício comportamental, ou seja, o indivíduo altera suas atividades diárias para ficar conectado. Esse tipo de conduta compromete compromissos básicos do cotidiano, como trabalho, estudo, vida social e alimentação.

Fonte

Texto 4: Teste

Fonte

Texto 5: Charge

Fonte


 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!