Os perigos da exposição de crianças e adolescentes nas redes sociais

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Os perigos da exposição de crianças e adolescentes nas redes sociais”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Texto 1: Campanha conscientiza famílias sobre riscos de exposição de crianças na internet

Lançada pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), nesta segunda-feira (9), a campanha de conscientização das famílias sobre os riscos de exposição de crianças na internet compartilha ferramentas para que os pais possam proteger os filhos do mau uso da tecnologia, principalmente em relação à internet. A iniciativa focada na prevenção de abusos e outras práticas nocivas ou criminosas no meio virtual incentiva que crianças e adolescentes cuidem da sua privacidade e intimidade e evitem que pessoas mal intencionadas se aproveitem de sua ingenuidade.

O conteúdo veiculado na TV, rádio e internet aborda, entre outros temas, a importância da família e da tecnologia na era digital. Também apresenta dados sobre o problema no Brasil e no mundo.

Ao longo de toda a campanha, serão disponibilizadas orientações sobre como os pais ou cuidadores podem proteger os filhos em relação ao uso da tecnologia e da internet, além de informações sobre os efeitos negativos que alguns jogos virtuais podem causar na nova geração.

Canais de denúncia

Outro foco da campanha é a divulgação dos canais de denúncia existentes, como o Disque 100, o Ligue 180, o site da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), o aplicativo Direitos Humanos Brasil e o número de WhatsApp da ONDH: (61) 99656-5008.

Por meio desses canais, é possível denunciar qualquer caso de violação de direitos humanos, inclusive crimes cibernéticos, como pornografia infantil e pedofilia.

Fonte

Texto 2: O perigo da exposição dos filhos nas redes sociais

Fotos, vídeos, morphing, sexting, pedoflia: os riscos das publicações infantis.

É comum para os pais de todo o Brasil registrar cada momento da infância de suas crianças. Fotos, vídeos, cartas, tudo vira um maravilhoso instrumento de recordação.

Outro cenário comum é a própria criança ou adolescente com perfil próprio, postando tudo a cada segundo para milhares de pessoas verem.

Embora inofensivos os cenários acima, esses simples atos do cotidiano podem sujeitar seus filhos a perigos de diversas espécies.

Fonte

Texto 3: Pack do pé – uma forma de ganhar dinheiro expondo a própria intimidade

 

Texto 4: Campanha

Fonte

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!