Caminhos para combater o assédio sexual no Brasil

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “Caminhos para combater o assédio sexual no Brasil”, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

curso de redação

Texto 1: 97% das mulheres dizem que já sofreram assédio no transporte público e privado no Brasil, diz pesquisa

Quase todas as mulheres receberam cantadas indesejadas e comentários de cunho sexual, entre outros, no transporte público, segundo levantamento do Instituto Locomotiva e Instituto Patrícia Galvão.

Quase todas as brasileiras com mais de 18 anos (97%) afirmaram que já passaram por situações de assédio sexual no transporte público, por aplicativo ou em táxis, segundo pesquisa dos institutos Patrícia Galvão e Locomotiva, com apoio da Uber.

“É um número muito forte. Esse é o cotidiano da vida das mulheres, a pura expressão do que acontece”, disse Jacira Melo, diretora-executiva do Instituto Patrícia Galvão.

Fonte

Texto 2: O que é o Assédio sexual

O assédio sexual pode ser definido como avanços de carácter sexual, não aceitáveis e não requeridos, favores sexuais ou contatos verbais ou físicos que criam uma atmosfera ofensiva e hostil. Pode também ser visto como uma forma de violência contra mulheres ou homens e também como tratamento discriminatório. A palavra chave da definição é: Inaceitável.

O assédio sexual pode ter várias formas de comportamento.Incluí a violência física e a violência mental como coerção – Forçar alguém a fazer o que não quer. Pode ter uma longa duração – a repetição de piadas ou trocadilhos de carácter sexual, convites constantes para sair ou inaceitável conversas de natureza sexual.Pode também ser apenas um único acidente – tocar ou apalpar alguém, de forma inapropriada, ou até abuso sexual e violação.

Fonte

Texto 3: Defesa pessoal para mulheres

Fonte

Texto 4: Mulher reage após ser estuprada e atira em agressor

Caso foi registrado em São Manuel, suspeito está internado em estado grave no HC em Bauru

Um homem foi preso após invadir a residência da ex-namorada em São Manuel, retirá-la do local à força e estuprá-la em um local afastado. Com medo de ser morta, a vítima – que chegou a ser agredida – pegou a arma de fogo do autor e efetuou um disparo na direção do abdômen dele. Ele passou por cirurgia e está, agora, internado em um hospital sob escolta policial.

Fonte

 

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!